Abono salarial e cotas do PIS/Pasep têm mais de R$ 25,6 bi para saque

Publicado em

O dinheiro disponível que ainda não foi sacado tanto do abono salarial quanto das cotas do PIS/Pasep soma mais de R$ 25,6 bilhões. Os dois benefícios são pagos a trabalhadores.

No caso do abono, o calendário começou em fevereiro e termina em julho. Na próxima quinta-feira (15), será liberado o valor para os nascidos em setembro e outubro.

Até agora, 278.729 trabalhadores que tiveram o abono disponibilizado ainda não sacaram. O valor disponível chega a R$ 283.872.276,00.

Apesar de o calendário de liberação de pagamento terminar em julho, o prazo para sacar o abono vai até 28 de dezembro deste ano. 

O abono salarial é um benefício anual no valor máximo de um salário mínimo, que atualmente é de R$ 1.320. Para ter direito a ele, é preciso estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, ter trabalhado formalmente com carteira assinada, no mínimo, por 30 dias em 2021 e recebido, no máximo, até dois salários mínimos (R$ 2.640) mensais.

Já as cotas do PIS/Pasep têm R$ 25,4 bilhões disponíveis para saque até o dia 5 de agosto. Depois dessa data, os recursos serão transferidos ao Tesouro Nacional. Nesse caso, os interessados terão até cinco anos para fazer à União uma nova solicitação de retirada.

Segundo a Caixa, 10,6 millhões de trabalhadores ainda não sacaram. Tem direito às cotas quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada ou como servidor público no período de 1971 a 1988.

*R7 / Foto: LUIS LIMA JR/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO-11/1/2022

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Paolla Oliveira encerra contrato com a Globo após 18 anos

Paolla Oliveira encerrou seu contrato com a Globo após...

Mercado prevê que inflação fechará o ano em 4,54%

O mercado financeiro prevê uma inflação de 4,54% ao...

O X pode ir à falência sob o comando de Elon Musk?

O ataque ferino de Elon Musk contra anunciantes que boicotam...

Potássio ‘na marra’ no AM envolve ‘atropelo’ da lei e assédio a indígenas

 Apontada como uma solução à dependência do Brasil de...