Ação do Instituto Ana Por Elas destaca violência de gênero no Amazonas

Publicado em

O Instituto Ana Por Elas, organização sem fins lucrativos dedicada a ajudar mulheres vítimas de abuso, liderou um movimento no Largo São Sebastião, centro de Manaus, no último dia 10 de outubro (terça-feira), Dia Nacional de Combate à Violência contra à Mulher, data de que faz parte do calendário brasileiro de ativismo pelos direitos das mulheres. O movimento contou com cartazes e a apresentação do grupo Cia Arte e Movimento, que apresentou o espetáculo “O grito Delas”.

A representação teatral “O Grito dElas”, do grupo Cia Arte e Movimento, com roteiro escrito pelas roteiristas e atrizes: Karen Lane Souza e Ana Matos e a apresentação do elenco: Larissa Castro, Luana Silva, Guscarli da Conceição, Sthefanny Mello, Maya Lima, Dreya Arruda, Ester Santos, Pamela Araújo sob a coordenação do professor de Teatro Rômulo Hussem e parte técnica de Mileno Liborio, relatou as experiências que as mulheres enfrentam diariamente na região, destacando a urgência de abordar esse tema na sociedade.

Além disso, o Instituto apresentou dados que mostram a extensão da violência contra as mulheres no Amazonas, enfatizando a necessidade de ação coletiva e apoio dos órgãos competentes para combater.

O movimento destacou as estatísticas alarmantes de violência de gênero relatadas pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-CPR/AM).

Segundo os últimos dados da FVS-CPR/AM, um total de 1.899 mulheres já foram vítimas de violência de gênero no Amazonas. As estatísticas, mostram uma média de 11 vítimas por dia entre janeiro e 15 de junho. Estes números servem como um forte lembrete da necessidade de abordar e combater a violência contra à mulher na região.

Ana Nascimento, fundadora do Instituto Ana Por Elas, enfatizou a importância desse movimento: “Acreditamos que é nosso dever chamar a atenção para a realidade enfrentada pelas mulheres no Amazonas. Não podemos nos calar, devemos combater a violência contra às mulheres, nós do Instituto Ana por Elas estamos unidos e comprometidos em oferecer assistência, aumentar a conscientização e capacitar as mulheres para se libertarem do abuso. É hora de reescrever essa narrativa e criar um ambiente seguro e respeitoso para todas as mulheres no Amazonas.”, afirmou.

O Instituto Ana Por Elas tem a missão de apoiar mulheres vítimas de abusos, oferecendo cursos e atendimento social, jurídico e psicológico. Todo esse trabalho traz esperança a inúmeras mulheres no Estado, oferecendo-lhes a oportunidade de reconstruir suas vidas livres da violência.

O movimento realizado no Largo São Sebastião é uma prova da dedicação do Instituto Ana Por Elas e do compromisso no enfrentamento da violência contra às mulheres. Se você deseja apoiar essa causa, basta entrar em contato pelo instagram @anaporelas_.

*Com informações da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Lesa Pátria: PF prende três e faz buscas em sete estados e no DF para identificar financiadores dos atos golpistas

A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (29) 34 mandados,...

AGU também quer anular lei do AM que proíbe crianças na Parada LGBT+

MANAUS – A AGU (Advocacia-Geral da União) pediu ao...

PF deflagra operação em Manaus contra fraude no INSS com uso de laudos médicos falsos

MANAUS – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta...