Condenado por tentar explodir bomba em Brasília, diz que deu carona a envolvido

Publicado em

O blogueiro Wellington Macedo de Souza, condenado a seis anos de prisão por tentar explodir uma bomba nos arredores do aeroporto de Brasília, em dezembro de 2022, disse que não conhecia George Washington e Alan Diego, outros dois condenados por envolvimento no planejamento do atentado à bomba. Segundo ele, no entanto, em 24 de dezembro do ano passado, Alan Diego ligou pedindo uma carona para chegar ao aeroporto. 

“Chegando lá [aeroporto] ele não queria descer. Pediu para eu ir para Taguatinga Sul. A gente foi para o aeroporto cerca de três vezes”, disse em depoimento à CPI da Câmara Legislativa do Distrito Federal que investiga os atos extremistas.

Segundo Macedo, Alan colocou um artefato no para-lama do caminhão e disse para ele não parar mais o carro: “Pode seguir. Vou explodir o caminhão”, teria dito Alan.

O blogueiro diz que entrou em pânico. “[Fiquei] em desespero, porque ainda tinha uma mochila no banco traseiro. Falei: ‘Como você faz isso comigo? Estou com uma tornozeleira eletrônica’. Disse que todo o percurso que foi feito estava registrado [na polícia]”, conta.

Macedo declarou que pediu inúmeras vezes a Alan que descesse e pedisse um carro de aplicativo, mas ele se negava. “Ele estava com uma mochila, sacola de feira e sombrinha. Eu não vi o que tinha dentro. Quando voltamos para o aeroporto [pela terceira vez], ele pediu para estacionar perto do caminhão e lá tirou a caixa com o artefato e colocou no para-lama [do caminhão]”, afirmou.

Ele acrescentou que Alan Diego estava com um controle, “como de ar-condicionado”, e que tinha medo de ele acionar o dispositivo e explodir o caminhão ou o próprio carro em que estavam. À CPI, o blogueiro afirmou ser “vítima de uma trama diabólica de dois homens [Alan e George] que não conhecia”.

*R7/FOTO: GERALDO MAGELA/AGÊNCIA SENADO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Investigadores cercam fazenda após fugitivos de Mossoró serem vistos por moradores

Os investigadores da força-tarefa que buscam os dois fugitivos da penitenciária federal...

Número de bebês registrados sem o nome do pai chegou a 172 mil em 2023 no Brasil, o maior em 7 anos

O Brasil registrou mais de 172 mil certidões de nascimento sem...

Caixa vê cenário complexo para captação em 2025 e quer buscar novas fontes

A Caixa Econômica Federal quer liderar as discussões do...

Criminosos invadem festa, incendiam local e matam rapaz com tiro no rosto

Um homem, de 34 anos, foi morto neste sábado...