CPI da Covid: Simone Tebet aponta indícios de irregularidades

Publicado em

Depois de breve suspensão da CPI da Covid, Simone Tebet (MDB-MS) questionou sobre as invoices investigadas. A senadora exibiu vídeo e pontuou que a primeira invoice (apresentada em coletiva de imprensa como falsa pelo ex-diretor-executivo do Ministério da Saúde Élcio Franco e pelo ministro Onyx Lorenzoni, da Secretaria-Geral da Presidência) teria todas as especificações de um documento verídico.

Já a segunda e terceira invoices, apontadas como corretas por Franco e Lorenzoni, teriam erros “grosseiros”, como tradução incorreta e valores modificados (com inserção e depois exclusão dos valores de seguro e frete ao montante de US$ 45 milhões), disse Simone. Além disso, os documentos especificariam 300 mil caixas com 16 ampolas cada, o que somaria um montante de 4,8 milhões de doses, e não 3 milhões, quantidade apresentada no documento.

Para a senadora, houve falsidade de documento privado, falsidade ideológica, direcionamento de empresas para lavagem de dinheiro público. “Tudo isso linka com o caso de crime de prevaricação. Basta saber de quem”, afirmou Simone.

*Agência Senado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Amigo de influenciadoras de Manaus é encontrado morto dentro de casa no bairro Compensa

David Junior, popularmente conhecido como Brasil, de 36 anos,...

Ministro sugere que acordos da Lava Jato devem envolver ajuda ao RS

O ministro André Mendonça, do Supremo Tribunal Federal (STF),...

Governo federal autoriza mais R$ 1,8 bilhão para ações de ajuda ao RS

O governo federal abriu um novo crédito extraordinário, no...

Dos 62 municípios do Amazonas, 59 estão sujeitos a risco de inundação

 Com água por todos os lados, municípios do Amazonas...
%d blogueiros gostam disto: