Free Porn
xbporn

Espiões americanos se infiltraram em órgãos de guerra da Rússia, revelam documentos; veja detalhes

Publicado em

Uma série de documentos das Forças Armadas dos Estados Unidos vazaram em redes sociais nos últimos dias. Os vazamentos ocorreram em duas levas, a primeira na quinta-feira (6), e a segunda, na sexta-feira (7).

Os documentos apareceram no Twitter e no Telegram. Ainda não se sabe como esse material das Forças Armadas foi vazado —os americanos estão investigando para tentar descobrir.

Apesar de serem documentos das Forças Armadas, há muita informação que foi repassada de outros órgãos do governo dos EUA, como a CIA e a Agência de Segurança Nacional (NSA).

Uma reportagem deste sábado do “New York Times” revela que esses documentos provam que os EUA têm espiões que conseguem levantar informações importantes da Rússia na guerra e repassar esses dados para a Ucrânia.

De acordo como jornal, o material vazado revela que os americanos conseguiram acesso a quase todos os serviços de segurança da Rússia.

  • Um dos documentos discute os planos do Estado-Maior russo para combater os tanques que a Otan deu para a Ucrânia; os russos tinham planos para criar “zonas de fogo” e iriam treinar os seus soldados para ensinar os pontos fracos dos tanques.
  • O Ministério da Defesa da Rússia fez planos para atacar locais específicos das cidades de Odessa e Mykolaiv em 3 de março em locais que os russos acreditavam ser armazéns de drones (essa informação pode ter sido repassada aos ucranianos, para que eles se defendessem).
  • Um outro documento, com data de fevereiro deste ano, revela que o Comando Central de Defesa Nacional da Rússia reconhece, pelo menos internamente, que houve uma perda de capacidade de combate no leste da Ucrânia.
  • Uma outra página revelava que os russos estavam fazendo uma campanha de propaganda na África para que a população dos países africanos ficasse contra os americanos.

Revelações sobre a própria Ucrânia e sobre a Coreia do Sul

Aparentemente, os EUA também espionam os principais líderes militares e políticos da Ucrânia.

O vazamento mostra que os EUA avaliam que as forças armadas da Ucrânia têm problemas, e os americanos têm dificuldade para avaliar qual é a estratégia militar dos ucranianos.

Há textos que descrevem a falta de munições de defesa aérea na Ucrânia o avanço das tropas russas perto da cidade de Bakhmut.

Vazamento atrapalha EUA e Ucrânia

O vazamento pode atrapalhar a Ucrânia na guerra, porque agora é público quais são os órgãos russos mais infiltrados por espiões dos EUA. Com essa informação, os russos podem tentar conter suas vulnerabilidades.

Os espiões que trabalham para os EUA podem ser revelados, e por isso pode ser que eles não possam mais passar informação que recolhem na Rússia.

*g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Trump comenta desistência de Biden: ‘Não estava apto para concorrer à Presidência’

O ex-presidente dos Estados Unidos e atual candidato republicano...

Nitazeno: novo opioide é de 10 a 20 vezes mais potente do que fentanil; entenda a origem da substância

O Jornal Nacional deste sábado (20) mostrou que pesquisadores...

Casa onde filha de deputado de MT foi achada morta fica em região isolada e município mais próximo é a 40 km

A casa onde Raquel Cattani, filha do deputado estadual...