FÓRMULA 1/GP DO AZERIBAIJÃO/SERGIO PÉREZ/CHARLES LECLERC/MAX VERSTAPPEN/GEORGE RUSSELL

Publicado em

A dupla da Red Bull ficou atrás de Charles Leclerc nas qualificatórias da corrida sprint e também da corrida principal do GP do Azerbaijão, mas manteve-se otimista diante das possibilidades de ultrapassagem oferecidas pelo circuito de rua de Baku. Sergio Pérez aproveitou as características da pista durante a disputa da sprint, neste sábado, e superou Leclerc para cruzar a linha de chegada em primeiro lugar, deixando o ferrarista em segundo.

Já Verstappen sofreu um pouco no início, ao ser ultrapassado por um agressivo George Russell, mas recuperou o terceiro lugar. Ao final das 17 voltas, o atual campeão foi atrás do britânico da Mercedes para reclamar por ter sido tocado no momento da ultrapassagem, ação que abriu um buraco na lateral de sua Red Bull. “Eu não entendo porque você tem que oferecer tanto risco na primeira volta. Ele bateu no meu carro e abriu um buraco”, disse, irritado.

Diferentemente das duas últimas temporadas, as etapas da Fórmula 1 que têm a corrida sprint em seu cronograma não a utilizam mais como forma de definir o grid. As posições da largada da corrida principal foram definidas na sexta-feira. De qualquer forma, a corrida curta ainda conta pontos extras no Mundial. Vice-líder da classificação, Pérez soma oito e chega a 62, contra 75 do companheiro e líder Verstappen, que somou seis. Já Leclerc, vindo de resultados ruins, chega apenas ao 13º ponto.

Terceiro da colocação geral, Fernando Alonso terminou apenas em sexto lugar e somou três pontos extras, ficando com 48 no total. Acima dele, George Russell foi o quarto e Carlos Sainz foi o quinto, posições que renderam cinco e quatro pontos no Mundial, respectivamente. Os outros pilotos que pontuaram foram Lewis Hamilton, com dois pontos por ter terminado em sétimo lugar, e Lance Stroll, que somou um ao ficar em oitavo.

O circuito de rua de Baku proporcionou aquilo que sempre se espera de suas corridas: muitas ultrapassagens e pequenos acidentes. A largada foi frenética e gerou uma disputa dura pela terceira colocação, pertencente a Verstappen no grid e tomada por George Russell após duas investidas muito agressivas, por dentro. Na primeira, o britânico tocou a Red Bull do holandês, que foi empurrado para fora da pista, mas conseguiu se proteger. Na segunda, o atual campeão foi tocado novamente, raspou no muro e viu o adversário da Mercedes ganhar a posição.

Pouco depois da disputa, ainda na primeira volta, veio a necessidade de bandeira amarela e safety car virtual. Yuki Tsunoda viu o pneu traseiro direito se soltar de sua AlphaTauri e sair rolando pela pista. O japonês foi para os boxes, na insistência de continuar na disputa, e voltou com bico trocado e novo pneu, mas o carro estava claramente desalinhado, sem condições de competir. O safety car entrou e Tsunoda voltou aos boxes, dessa vez para abandonar a prova.

Assim que o safety car saiu da pista, muitas mudanças ocorreram na configuração. Verstappen tomou a terceira posição de Russell e Lewis Hamilton, então quinto colocado, por deixado para trás por Carlos Sainz e Fernando Alonso. Pouco depois, foi a vez de Sergio Pérez manobrar por dentro, abrindo a asa traseira, para ultrapassar Leclerc e assumir a liderança, anotando também a volta mais rápida.

Leclerc viu Pérez abrir distância no decorrer das voltas seguintes, e se ateve à missão de segurar Verstappen. O mexicano chegou à volta final com uma distância superior a três segundo em relação ao monegasco da Ferrari, que conseguiu manter uma vantagem na casa de um segundo para evitar perder a segunda colocação para o holandês.

A corrida principal do GP do Azerbaijão será disputada às 8 horas (de Brasília) deste domingo. Leclerc larga em segundo, com Verstappen e Pérez em segundo e terceiro, respectivamente. Sainz, Hamilton, Alonso, Norris, Tsunoda, Lance Stroll e Piastri completam o top 10.

Confira o resultado final da corrida sprint do GP do Azerbaijão:

1º – Sergio Pérez (MEX/Red Bull), em

2º – Charles Leclerc (MON/Ferrari), a 4s463

3º – Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 5s532

4º – George Russell (ING/Mercedes), a 8s532

5º – Carlos Sainz (ESP/Ferrari), a 10s388

6º – Fernando Alonso (ESP/Aston Martin), a 11s613

7º – Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 16s503

8º – Lance Stroll (CAN/Aston Martin), a 18s417

9º – Alexander Albon (TAI/Williams), a 21s757

10º – Oscar Piastri (AUS/McLaren), a 22s851

11º – Kevin Magnussen (DIN/Haas), a 27s990

12º – Zhou Ganyou (CHI/Alfa Romeo), a 34s602

13º – Pierre Gasly (FRA/Alpine), a 36s918

14º – Nick de Vries (HOL/AlhaTauri), a 41s626

15º – Nico Hulkenberg (ALE/hAAS), a 48S587

16º – Valtteri Bottas (FIN/Alfa Romeo), a 49s917

17º – Lando Norris (ING/McLaren), a 51s104

18º – Esteban Ocon (FRA/Alpine), a 1min00s621

Não completou a prova:

Yuki Tsunoda (JAP/Alpha Tauri)

*Estadão conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

São Paulo terá fim de semana frio e nublado; veja previsão

O fim de semana na cidade de São Paulo...

Clube rival do Mirassol coloca música de Iza para provocar Yuri Lima em partida

Durante o intervalo da partida entre Ponte Preta e...

PF vai fazer varredura em aparelhos de Ramagem em busca de mais gravações de Bolsonaro

As equipes da PF (Polícia Federal) vão fazer uma...

Passagem de meteoro clareia céu e “noite vira dia” no Nordeste; veja vídeo

O céu nordestino foi iluminado por um meteoro, no...
%d blogueiros gostam disto: