GP do Bahrein: Verstappen leva primeira pole da F1 2024; veja grid

Publicado em

Treino é treino, classificação é classificação, corrida é corrida. O desempenho modesto da RBR no começo do GP do Bahrein não afetou Max Verstappen e o holandês garantiu, nesta sexta-feira, a pole position da etapa que abre o 2024 da F1. O holandês anotou 1m29s179 nos pneus macios no Circuito de Sakhir, superando Charles Leclerc, da Ferrari, e George Russell, da Mercedes.

Max sequer liderou os três treinos que antecederam a classificação em Sakhir; só chegou no top 3 da última sessão, que teve Carlos Sainz como o mais rápido na manhã desta sexta. Ainda assim, conquistou sua 33ª pole position da carreira, depois de também largar na frente na última corrida de 2023 em Abu Dhabi.

Verstappen viu Carlos Sainz, da Ferrari, superá-lo e nem deixar os boxes no fim do Q1. A escuderia italiana seguiu forte no Q2, liderado por Leclerc, mas o melhor ficou para o final: Max já anotou de cara o tempo a ser batido no Q3 e não foi desbancado nem mesmo nas últimas tentativas dos rivais.

Chamou atenção a estratégia da Aston Martin, que avançou ao Q3 apenas com Fernando Alonso: o espanhol só deixou os boxes depois que seus nove rivais já haviam dado voltas, na abertura do segmento, e obteve a terceira melhor volta na sua tentativa única – caindo, no fim, para sexto lugar.

A classificação não foi boa para a Alpine, que vem confirmando nas últimas sessões a falta de ritmo indicada desde a pré-temporada; o time ficou a 1s da melhor volta no Q1 e viu Esteban Ocon e Pierre Gasly serem eliminados, em 19º e 20º. Por outro lado, o destaque entre as intermediárias ficou com a Haas, que perdeu Kevin Magnussen no Q2, em 15º, mas larga do top 10 com Nico Hulkenberg.

Resultado

  1. Max Verstappen (RBR) – 1m29s179
  2. Charles Leclerc (Ferrari) +0s228
  3. George Russell (Mercedes) +0s306
  4. Carlos Sainz (Ferrari) +0s328
  5. Sergio Pérez (RBR) +0s358
  6. Fernando Alonso (Aston Martin) +0s363
  7. Lando Norris (McLaren) +0s435
  8. Oscar Piastri (McLaren) +0s504
  9. Lewis Hamilton (Mercedes) +0s531
  10. Nico Hulkenberg (Haas) +1s323
  11. Yuki Tsunoda (RB) – Q2
  12. Lance Stroll (Aston Martin) – Q2
  13. Alexander Albon (Williams) – Q2
  14. Daniel Ricciardo (RB) – Q2
  15. Kevin Magnussen (Haas) – Q2
  16. Valtteri Bottas (Sauber) – Q1
  17. Guanyu Zhou (Sauber) – Q1
  18. Logan Sargeant (Williams) – Q1
  19. Esteban Ocon (Alpine) – Q1
  20. Pierre Gasly (Alpine) – Q1

Sainz anotou o tempo de referência com pneus médios, seguido por Leclerc. O restante do grid, porém, optou pelos macios de primeira, o que influenciou nos tempos registrados nos minutos seguintes e levou Verstappen para a liderança provisória. De volta à pista com macios restando cinco minutos, porém, Sainz desbancou o tricampeão da RBR em 0s1.

Na bandeirada, Stroll anotou o segundo melhor tempo depois de ocupar a zona de eliminação provisória; Hamilton, também lá, salvou-se em décimo, assim como Kevin Magnussen, de 18º para 15º. As duas Sauber de Valtteri Bottas e Guanyu Zhou, e as Alpines de Esteban Ocon e Pierre Gasly, entretanto, ficaram para trás.

ELIMINADOS
16º VALTTERI BOTTAS (SAUBER)
17º GUANYU ZHOU (SAUBER)
18º LOGAN SARGEANT (WILLIAMS)
19º ESTEBAN OCON (ALPINE)
20º PIERRE GASLY (ALPINE)

Dessa vez com os pneus macios como unanimidade, Verstappen ditou o ritmo a ser batido, chegando a meio segundo de vantagem sobre o segundo colocado, Pérez, e Norris, terceiro. Sainz se aproximou do holandês no minuto final a 0s1 dele, antes de Leclerc desbancar o tricampeão com 0s2 sobre ele.

Na bandeirada, Hulkenberg se salvou da eliminação saindo de 16º para sexto, assim como Hamilton, quarto colocado após deixar a zona de eliminação provisória.

ELIMINADOS
11º YUKI TSUNODA (RB)
12º LANCE STROLL (ASTON MARTIN)
13º ALEXANDER ALBON (WILLIAMS)
14º DANIEL RICCIARDO (RB)
15º KEVIN MAGNUSSEN (HAAS)

Verstappen chegou a anotar a melhor volta com pneus macios novos nos minutos iniciais, enquanto Leclerc, Russell e Sainz bateram na trave. Alonso foi o último a abrir volta, com a pista só para ele, e anotou o terceiro melhor tempo provisório, a 0s1 do líder.

Enquanto o bicampeão recolhia o carro no minuto final, os outro nove carros abriam volta: a única mudança na classificação, porém, foram as voltas de Russell, Sainz e Pérez desbancando Alonso.

Fonte: Globo Esporte/Foto: Eric Alonso/Getty Images.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

%d blogueiros gostam disto: