Israelenses vão as ruas para protestar mesmo com onda de ataques

Publicado em

Dezenas de milhares de israelenses participaram de protestos neste sábado (8) contra os planos do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu para aumentar o controle que governo exerce sobre a Suprema Corte do país.

Israel vive uma série de protestos contra os planos para alterar o Judiciário, que foram suspensos no mês passado devido a uma onda de greves e manifestações em massa.

Nos últimos dias houve uma série de ataques partindo do Líbano e da Síria em direção a Israel. Os israelenses revidaram atacando Gaza.

Manifestações de muçulmanos em Jerusalém

Este é mês sagrado muçulmano do Ramadã. Ao redor da mesquita de Al-Aqsa em Jerusalém, dezenas de milhares de fiéis participaram de orações noturnas, mesmo com a preocupação com uma possível batida policiai noturna (nesta semana, policiais interromperam cerimônias na mesquita).

Esse foi o estopim para que começassem seguidos bombardeios contra Israel e ataques israelenses em Gaza e no sul do Líbano.

Os israelenses também estavam nervosos após um atropelamento em Tel Aviv na sexta-feira que matou um italiano e feriu outros cinco turistas, horas depois que um ataque com armas de fogo matou duas irmãs israelenses e feriu sua mãe perto de um assentamento na Cisjordânia ocupada.

Netanyahu mobilizou reservistas da polícia de fronteira e ordenou ao exército que reforce as posições de segurança para evitar possíveis problemas, em meio a pedidos de calma das Nações Unidas, União Europeia e Estados Unidos.

*g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Mais de 20 motoristas são notificados por transporte rodoviário clandestino no AM

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados...

Em aniversário do menino Edson Davi, família faz novo protesto no Rio

No Posto 4 da Praia da Barra, Zona Oeste...

Prazo para empresas entregarem relatório salarial termina nesta quinta

O prazo para empresas com mais de 100 funcionários...

Cemaden alerta sobre chuvas fortes e risco de deslizamento em Manaus

MANAUS – O Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e...