Média diária de mortes por covid fica abaixo de 1,5 mil pela 1ª vez em 4 meses

Publicado em

A média diária de óbitos causados pela covid-19 no Brasil ficou abaixo de 1.500 pela primeira vez em 120 dias. Segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa, a média ficou em 1.481 nesta quarta-feira, 7, patamar que não era visto desde o dia 7 de março, quando o número ficou em 1.497.

Esse tipo de média leva em consideração dados dos últimos sete dias. O número desta quarta-feira é 21% menor na comparação com o dado de 14 dias atrás, o que confirma a tendência de redução nos registros que o País tem visto nas últimas duas semanas. Nas últimas 24 horas, foram registradas 1.595 mortes pela doença, o que fez o total chegar a 528.611.

Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, formado por EstadãoG1O GloboExtraFolha e UOL, em parceria com as secretarias de Saúde estaduais e do Distrito Federal, em balanço divulgado às 20 horas.

Nas últimas 24 horas, o País registrou 54.156 novos casos positivos da doença, o que fez o total chegar a 18.908.962. Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil tem 17.352.670 pessoas recuperadas da covid-19 e 1.027.827 em acompanhamento médico.

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho de 2020, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

*Estadão Conteúdos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Número de bebês registrados sem o nome do pai chegou a 172 mil em 2023 no Brasil, o maior em 7 anos

O Brasil registrou mais de 172 mil certidões de nascimento sem...

Caixa vê cenário complexo para captação em 2025 e quer buscar novas fontes

A Caixa Econômica Federal quer liderar as discussões do...

Criminosos invadem festa, incendiam local e matam rapaz com tiro no rosto

Um homem, de 34 anos, foi morto neste sábado...

Amazonas tem a maior alíquota de IPVA da história neste ano

s proprietários de veículos no Amazonas estão pagando meio...