PC-AM prende jovem condenado a cinco anos de prisão por roubo majorado

Publicado em

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), prendeu nesta quarta-feira (21/07), por volta das 10h, Daniel da Silva Ramos, 19, em cumprimento a mandado de prisão em razão de sentença condenatória por roubo majorado, praticado no dia 28 de outubro de 2020.

De acordo com o delegado Paulo Benelli, titular da unidade do 6º DIP, o cumprimento do mandado ocorreu na sede da delegacia, no momento que estava sendo realizado o Auto de Prisão em Flagrante (APF) do indivíduo, por corrupção de menores e também por roubo majorado, que ocorreu na terça-feira (20/07), às 9h25, em um posto de combustível no bairro Cidade Nova, zona norte.

“No roubo de terça-feira, Daniel estava na companhia de um policial militar reformado identificado como Luciano Ribeiro do Nascimento, 39, e de um adolescente de 17 anos. Na ocasião, eles recolheram parte da arrecadação do estabelecimento, e fugiram em seguida, sem pagar pelo combustível consumido. Uma funcionária do local conseguiu anotar a placa do carro e chamar uma guarnição da Polícia Militar da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que localizou o veículo dos autores do crime, na avenida Castelo Branco, bairro Cachoeirinha, zona sul”, explicou o delegado.

Conforme o titular do DIP, no momento dos procedimentos da APF o homem utilizou o nome de seu irmão para se identificar, no entanto, a equipe de investigação conversou com os familiares do indivíduo e descobriu que o nome do mesmo era Daniel, sendo necessário confirmar a informação.

“Durante as buscas pelo nome do infrator no Banco Nacional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foi constado que havia um mandado de prisão expedido pelo juiz Aldrin Henrique de Castro Rodrigues, da 10ª Vara Criminal, ocasião em que cumprimos a decisão judicial”, explicou o delegado.

Procedimentos

Daniel da Silva Ramos foi condenado a cinco anos de prisão pelo crime de roubo majorado e autuado pelo mesmo delito, por corrupção de menores e falsa identidade. Após o término dos procedimentos cabíveis, ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), em razão da prisão em flagrante delito, acrescido do mandado de prisão detectado no 6º DIP, e ficará à disposição da Justiça.

Nota PMAM

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) informa que será instaurado um procedimento administrativo para analisar a conduta do policial envolvido de forma concomitante à investigação da PC-AM por meio de inquérito policial. A corporação enfatiza que não compactua com atos que contrariem a lei, e que contribuirá com a investigação realizada pela polícia judiciária.

*Com informações da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Mulher morre atropelada enquanto praticava esporte na rodovia AM-070

Uma mulher, de 40 anos, morreu após ser atropelada...

Polícia Militar embarca mais de 500 agentes para reforçar segurança em Parintins durante festival

Mais de 500 policiais militares embarcaram, na manhã desta...

Inscrições para concurso do Ministério da Pesca começam nesta segunda-feira

As inscrições para o concurso público do Ministério da Pesca e Aquicultura começam...
%d blogueiros gostam disto: