Projeto de leitura para pacientes da FCecon é tema de artigo publicado em revista científica nacional

Publicado em

O projeto de incentivo e fomento à leitura “Nem todo herói usa capa, alguns leem livros”, realizado para pacientes da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), é destaque em artigo científico na “Revista ACB”, da Associação Catarinense de Bibliotecários, de Santa Catarina. A publicação ocorreu no dia 21 deste mês de julho e pode ser visualizada no link https://www.revista.acbsc.org.br/racb/article/download/1774/pdf.

Por meio de um relato de experiência, o projeto de biblioterapia e humanização descreveu as atividades realizadas na FCecon entre agosto de 2019 e início de 2020. Desde o início da pandemia de Covid-19, a iniciativa precisou ser suspensa.

Leitura e humanização 

O “Nem todo herói usa capa, alguns leem livros” foi idealizado pela Biblioteca do Instituto Federal do Amazonas (Ifam) – Campus Manaus Zona Leste, sob a coordenação do bibliotecário Diego Leonardo de Souza, em parceria com a Biblioteca da Fundação Cecon. A iniciativa foi a primeira realizada em um hospital oncológico de Manaus.

“A leitura gera um sentimento de prazer e tranquilidade. Pesquisas já comprovaram essa relação do bem-estar e da qualidade de vida com a prática da leitura. O projeto visa justamente isso: fomentar a prática da leitura por meio de atividades terapêuticas, que é a biblioterapia”, explica Diego Leonardo de Souza.

Voluntariado 

A equipe, que segue sem poder realizar atividades na FCecon em função dos protocolos de prevenção e combate à Covid-19, é formada por voluntários profissionais e alunos de áreas como Enfermagem, Biblioteconomia, Medicina, Pedagogia, dentre outras. Chegou a contar com 75 voluntários.

“Foi uma experiência única e bastante exitosa naquilo que foi proposto. Tivemos a oportunidade de coletar relatos e observar como o projeto conseguiu impactar a vida profissional e acadêmica de voluntários e a vida dos pacientes e familiares internados na FCecon”, diz o bibliotecário.

A equipe visitava, semanalmente, pacientes internados na FCecon, lendo livros infantis amazonenses e brasileiros, gibis e histórias em quadrinhos. Os voluntários foram treinados quanto à biossegurança e higiene no ambiente hospitalar e realizavam a interação indireta, sem contato físico com os pacientes. Os livros eram higienizados antes do uso.

Expectativa

A expectativa do coordenador do projeto é que a publicação do artigo científico incentive outros profissionais a realizarem projetos dessa natureza. Na FCecon, a equipe planeja retomar as atividades com segurança.

“Estamos trabalhando para retomar as atividades ainda em 2021. Montamos um planejamento para seguir todas as medidas de biosseguranca e estamos aguardando os voluntários tomarem a 2ª dose da vacina contra a Covid-19. É um passo fundamental para a retomada das atividades do projeto”, destaca Souza.

*Com informações da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Mais de 50 mortos por inundações no oeste do Afeganistão

Inundações repentinas no oeste do Afeganistão mataram pelo menos 50 pessoas nas...

Operações policiais matam 17 pessoas por dia no Brasil, mostra Mapa da Segurança Pública

Operações policiais realizadas no Brasil ao longo do ano passado...

Lista de prioridades para receber a restituição do IR 2024 muda após cheias no RS

O primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2024 começa...

Estudo do governo de 2015 previa aumento de 15% nas chuvas e inundações no Sul

Um estudo encomendado pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff...
%d blogueiros gostam disto: