Quem é o principal suspeito de sequestrar Madeleine McCann em 2007

Publicado em

O alemão Christian Brückner, de 44 anos, é considerado o principal suspeito do caso de Madeleine McCann, uma menina britânica que desapareceu aos 3 anos, durante uma viagem de férias com os pais a Portugal, em 2007.

Christian está preso na Alemanha desde 2018, por estuprar uma idosa de 72 anos, em 2005, em Portugal.

Há também acusações de crimes sexuais que envolvem outras mulheres e crianças. Um dos casos é o de uma menina de 10 anos que teria acontecido a poucos quilômetros do hotel na praia da Luz, onde a família MacCann estava hospedada na região do Algarve.

Segundo o portal The Sun, investigações policiais descobriram que Brückner tinha fantasias perturbadoras sobre pedofilia, as quais contou a uma ex-namorada.

A ex também revelou que Brückner mantinha vários esconderijos, por motivos que ela não “sabe bem”. Um complexo degradado no Algarve, uma fábrica desativada e um porão secreto cavado ilegalmente em uma casa na Alemanha foram os que mais chamaram a atenção das autoridades.

Na fábrica, antiga produtora de caixas de papelão, foram encontradas imagens e vídeos explícitos de abuso sexual escondidos sob o corpo de um cachorro morto, além de pertences de possíveis vítimas.

Também foram encontradas conversas dele em fóruns online da deep web sobre sequestro e abuso sexual de crianças. Brückner possuía diversos conteúdos de pornografia infantil salvos. 

O suspeito nega as acusações que tenha alguma participação no desaparecimento de Madeleine, mas as investigações seguem tentando encontrar evidências que confirmem essa conexão. Em 2022, ele foi considerado suspeito por promotores de Portugal.

Brückner seria julgado pela justiça da Alemanha neste ano, após o Ministério Público em Braunschweig apresentar acusações pelo sequestro e assassinato de Madeleine. O Tribunal Regional de Braunschweig, porém, declarou que não tinha jurisdição sobre as acusações, já que o crime ocorreu fora do território alemão, e suspendeu o julgamento.

Novas buscas

Na última semana, autoridades portuguesas, alemãs e britânicas fizeram uma varredura detalhada dos arredores de um reservatório de água no Algarve, a 50 km do local do desaparecimento da criança.

Segundo o promotor alemão Christian Wolters, o local onde os trabalhos estão sendo realizados pode dar pistas do que aconteceu com a garota há 16 anos. Ele evitou, porém, dar mais informações sobre as investigações e destacou que não havia uma confissão do principal suspeito ou algo assim.

Durante quatro dias, diversos itens, como pedaçoes de tecido e partes de um sutiã, além de amostras de terra, foram recolhidos para uma análise. Acredita-se que esse material possa ser usado para solucionar o caso. 

Brückner, sabendo que voltou a ser alvo de investigações, tem feito tentativas “desesperadas”, segundo especialistas, para provar sua inocência. De acordo com o tabloide Daily Mail, ele tem enviado cartas em que defende o lado dele da história.

Porém, a grafóloga Tracey Trussell, que examinou o material escrito pelo condenado nos últimos dois anos, disse que as cartas mostraram “distorção e ilusão”, além de “visões fantásticas e imutáveis, a fim de manipular os leitores”. Brückner alega que é inocente de todas as acusações feitas contra ele e que conseguirá “provar” tudo.

*R7

*Foto: REPRODUÇÃO TWITTER/@TRIBUNALIBREES// REPRODUÇÃO INSTAGRAM/@ MADELEINEMCCANNCAUSE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Passagem de meteoro clareia céu e “noite vira dia” no Nordeste; veja vídeo

O céu nordestino foi iluminado por um meteoro, no...

Deputado federal denuncia uso de “emendas Pix” para compra de apoio parlamentar

Durante uma entrevista recente, o deputado federal Coronel Meira...

Herdeiro bilionário indiano se casa em cerimônia luxuosa e repleta de estrelas

Após sete meses de extravagantes celebrações pré-casamento, Anant Ambani, filho...

Ministra francesa toma banho no rio Sena a duas semanas dos Jogos

A ministra francesa do Esporte, Amélie Oudéa-Castéra, tomou banho no...
%d blogueiros gostam disto: