Rosa Weber se despede da presidência do STF, cita 8 de janeiro e defende democracia e aperfeiçoamento das instituições

Publicado em

A ministra Rosa Weber, em discurso de despedida da presidência do Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira (27), citou os ataques de 8 janeiro e defendeu a democracia, o aperfeiçoamento das instituições a promoção dos direitos fundamentais.

Rosa Weber completa 75 anos na próxima segunda-feira (2), idade-limite para atuação no serviço público.

No início de sua fala, ela agradeceu o apoio dos demais ministros ao longo da gestão. Em seguida, lembrou da trajetória dela em tribunais, a começar pela Justiça do Trabalho no Rio Grande do Sul.

Um dos eventos marcantes do mandato de Rosa Weber foram os ataques às sedes dos três poderes da República, inclusive ao edifício do STF. Ela chamou o 8 de janeiro de “dia sombrio”.

“Dia sombrio de nossa democracia, o 8 de janeiro não há de ser esquecido, para que, se preservando a memória institucional, jamais se repita”, afirmou.

Ela ressaltou, no entanto, que os ataques uniram as instituições contra os atos golpistas. A ministra lembrou da travessia da Praça dos Três Poderes, no dia seguinte, que juntou chefes do Executivo, do Judiciário e do Legislativo.

“A resistência, a resiliência e a solidariedade ficaram estampadas na metáfiora da travessia da praça, do Planalto ao STF, o mais atingido pelo vilanismo”, afirmou.

Para a ministra, a democracia se mostrou inabalável.

“Ficou a advertência: cabe a todos e a cada um de nós a defesa intransigente da democracia constitucional na luta diária do aperfeiçoamento das instituições democráticas”, prosseguiu Rosa Weber.

A ministra também defendeu o combate ao discurso de ódio e a promoção de direitos fundamentais para toda a população.

“Combate ao discurso de ódio, na busca do imprescindível avanço civilizatório, que passa pelos direitos fundamentais e avanços econômicos”, completou.

A ministra se emocionou em diversos pontos de sua fala, em que suspirou e ficou com a voz embargada.

Foto:Carlos Moura/SCO/STF

*g1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Investigadores cercam fazenda após fugitivos de Mossoró serem vistos por moradores

Os investigadores da força-tarefa que buscam os dois fugitivos da penitenciária federal...

Número de bebês registrados sem o nome do pai chegou a 172 mil em 2023 no Brasil, o maior em 7 anos

O Brasil registrou mais de 172 mil certidões de nascimento sem...

Caixa vê cenário complexo para captação em 2025 e quer buscar novas fontes

A Caixa Econômica Federal quer liderar as discussões do...

Criminosos invadem festa, incendiam local e matam rapaz com tiro no rosto

Um homem, de 34 anos, foi morto neste sábado...