Estudantes aderem ao Dia D e focam nas inscrições para o Enem

Publicado em

Tirar um tempo para fazer a inscrição no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) é importante para garantir que tudo seja preenchido corretamente e não haja problemas posteriores. Pensando nisso, a estudante Kaylanne dos Reis, finalista da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Gilberto Mestrinho, aproveitou o “Dia D para o Enem” para se inscrever no laboratório de Informática da escola e, ainda, receber orientação nos momentos em que teve dúvidas.

A jovem gostou da iniciativa da Secretaria de Estado de Educação e Desporto para mobilizar os alunos e acredita que só trouxe benefícios. “Principalmente para quem não tem internet boa em casa ou mora em lugares em que o acesso é difícil, com certeza vai ajudar muito. Por exemplo, eu, que na minha casa a internet é um pouco prejudicada e aqui a gente ainda recebe o auxílio dos professores, do pessoal da sala de Informática e, com certeza, isso ajuda muito”, observa a estudante, que quer ser psicóloga. 

O “Dia D para o Enem” é uma mobilização para intensificar as inscrições do exame, cujas inscrições terminam na quarta-feira (14/07). Neste ano, mais de 60 mil estudantes da 3ª série do Ensino Médio devem participar da prova e tentar uma vaga nas universidades e institutos federais. A mobilização é em todo o Amazonas. A escola está aberta para a comunidade egressa ou que precise fazer a inscrição. 

Aulão – Além do “Dia D para o Enem”, as escolas estão promovendo ações para auxiliar os alunos na preparação. Na EETI Gilberto Mestrinho, por exemplo, nesta segunda-feira, foi iniciado o aulão preparatório, que é realizado todos os anos, conforme a gestora Benedita Braga. 

“Essa preocupação acontece todos os anos. A gente faz para dar um sacode, levantar os conteúdos do 6º ao 9º ano e da 1ª a 3ª série, a gente revê esses conteúdos nessa preparação. Esse ano nós voltamos, ainda, pensando em recuperar o que pode ter ficado perdido durante a pandemia; e a cada 15 dias teremos o aulão. Temos 63 alunos aqui e, no dia do aulão, nós convidamos os alunos dos dois blocos para vir e ter as aulas, porque é um benefício para eles mesmos, para o bem deles, e eles vêm”, diz.


Documentos – Para concluir a inscrição, os candidatos precisam ter em mãos os documentos de identidade, CPF, informações do endereço completo (nome da rua, bairro, número e CEP). Além disso, é necessário também telefones e e-mails válidos.

Os alunos que precisarem de atendimento especial devem realizar a solicitação no momento da inscrição e informar as condições que motivam o pedido.


Os participantes que se identificam e querem ser reconhecidos socialmente pela sua identidade de gênero (participante transexual, travesti ou transgênero) podem solicitar o tratamento pelo nome social, no período de 19 a 23 de julho, pela Página do Participante.

*Com informações assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Mulher morre atropelada enquanto praticava esporte na rodovia AM-070

Uma mulher, de 40 anos, morreu após ser atropelada...

Polícia Militar embarca mais de 500 agentes para reforçar segurança em Parintins durante festival

Mais de 500 policiais militares embarcaram, na manhã desta...

Inscrições para concurso do Ministério da Pesca começam nesta segunda-feira

As inscrições para o concurso público do Ministério da Pesca e Aquicultura começam...
%d blogueiros gostam disto: