Famílias começam a retornar para prédio onde arsenal de coronel explodiu em Campinas

Publicado em

As famílias que moram no edifício Fênix, localizado na Rua Hércules Florence em Campinas (SP), começaram a retornar aos poucos para seus apartamentos após o arsenal de coronel reformado que morava no 1º andar explodir e provocar um incêndio.

O abastecimento de água e energia elétrica já foram restabelecidos. Até o fim da manhã desta sexta-feira (1º), quatro famílias já haviam retornado definitivamente para o prédio. Duas delas voltaram na noite de quinta (29), cinco dias após o incêndio.

A apuração da EPTV, afiliada da TV Globo, observou uma movimentação intensa durante a manhã desta sexta. Ainda sim, a maioria das famílias ainda não voltou definitivamente.

Segundo o síndico do prédio, vários moradores do edifício são idosos e o elevador segue interditado, o que dificulta o acesso aos apartamentos dos andares superiores.

A previsão é que os técnicos visitem o edifício Fênix nesta tarde para verificar a situação do elevador. A expectativa é que mais moradores retornem após a liberação.

Interdição e limpeza

O edifício Fênix ficou interditado pela Defesa Civil até terça-feira (27), três dias após o incêndio. No entanto, os moradores não puderam retornar ao local até o fim desta semana por conta da sujeira causada pelas explosões.

O único apartamento que segue interditado é o do coronel Virgílio Parra Dias, onde ocorreu o incêndio no último sábado (24). O militar armazenava 111 armas, ‘incontáveis’ munições, duas granadas e pólvora no local.

Apesar das demais unidades estarem liberadas, os trabalhos de limpeza continuam nas áreas comuns do prédio em andares inferiores ao 4º nesta sexta-feira. A limpeza dos pavilhões do 4º andar até o sétimo já foram concluídas.

“Tem muita fuligem. Paredes, teto, tudo foi bastante tocado pela fuligem”, conta o síndico Sérgio Rodrigues. Ele e a família estão arcando com a hospedagem em um hotel.

O fornecimento de gás não foi retomado no prédio e não há previsão para o reestabelecimento. A expectativa é que uma visita técnica seja feita nos próximos dias, após a maioria dos moradores retornar aos apartamentos.

Ainda sim, a mãe do personal trainer Cesar Azevedo, moradora do prédio há 20 anos, optou por voltar ao apartamento nesta sexta-feira. A irmã foi passar os próximos dias com a idosa.

“Elas preferiram voltar porque mesmo assim é casa. Queriam voltar pra casa de qualquer jeito”, conta o personal.

Coronel investigado

O coronel dono do apartamento deixou o prédio durante a evacuação e não foi encontrado até a madrugada de terça-feira, quando foi encontrado em uma praça do Jardim Chapadão com um ferimento no pescoço provocado por ele mesmo.

A Polícia Civil instaurou um inquérito e investiga o coronel pelos crimes de incêndio e explosão. O investigado ainda não foi ouvido, pois segue internado no Hospital Municipal Doutor Mário Gatti em estado de saúde estável.

Segundo a apuração da Polícia Militar, antes de ser encontrado ferido, Para Dias estava abrigado na casa de outro coronel do Exército. O advogado de defesa Rony Marsico informou, na quarta-feira (28), que aguarda os laudos periciais para se posicionar sobre o incêndio.

Segundo a perícia, a detonação de um artefato dentro do cofre do coronel Parra Dias foi o que desencadeou uma série de explosões e o incêndio no imóvel. De acordo com a investigação preliminar da Polícia Civil, o militar construiu espécie de paiol no apartamento e armas estavam em local ‘no mínimo, inapropriado’.

Ao menos quatro viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e outras do Corpo de Bombeiros foram para o local. Ao todo, 44 pessoas que estavam em andares superiores foram retiradas do prédio, parte delas por meio de cordas, em uma manobra semelhante à técnica de descida em rapel.

Trinta e quatro pessoas que inalaram fumaça precisaram de atendimento médico e foram encaminhadas para o Hospital Casa de Saúde e para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São José — nenhuma em estado grave.

Fonte: G1/Foto: Gustavo Biano/EPTV.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

%d blogueiros gostam disto: