Mergulhadores acham corpo de turista do ES que sumiu durante pesca esportiva no AM

Publicado em

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros acharam, na manhã desta terça-feira (30), o corpo do turista do Espírito Santo que sumiu durante uma atividade de pesca esportiva no Amazonas. O advogado José Paulo Anholete, de 60 anos, desapareceu após o bote em que ele estava com outros dois homens virar no Rio Acari.

O acidente aconteceu na tarde de domingo (28), nas proximidades da cidade de Novo Aripuaná.

Três pessoas estavam no bote: o advogado, o superintendente de Polícia Regional Sul do Espírito Santo, delegado Faustino Antunes, e o condutor da embarcação. Os dois turistas estavam de férias com amigos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros do Amazonas, o delegado e o piloto conseguiram se salvar. O advogado não retornou à superfície.

Uma equipe de mergulhadores foi enviada ao local do acidente na madrugada de segunda-feira (29). As buscas começaram na manhã do mesmo dia, foram suspensas à noite e retomadas na manhã desta terça-feira.

“Enviamos, nas primeiras horas de segunda-feira, nossa equipe de mergulhadores da capital para realizar as buscas, e foram feitos mergulhos por mais de 13 horas no primeiro dia. Hoje, nossos bombeiros encontraram o corpo a cerca de dez quilômetros do local do naufrágio, ou seja, nós fizemos uma área muito extensa de buscas para localizar o mais rápido possível”, destacou o comandante-geral do CBMAM, coronel Orleilso Ximenes Muniz.

O corpo do advogado foi encontrado por volta das 9h, horário de Manaus (10h, no de Brasília).

O corpo do turista será transportado para Manaus, onde será entregue para a equipe do Instituto Médico Legal (IML). “Posteriormente, será feito o translado para o estado do Espírito Santo”, informou o Corpo de Bombeiros.

Investigação

O caso foi registrado em Boletim de Ocorrência (BO), mas a Polícia Civil do Amazonas, que conduz as investigações, ainda não deu detalhes do acidente.

Pesca esportiva

A pesca esportiva é uma atividade que atrai turistas do Brasil e de outros países ao Amazonas. Segundo dados do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (Codese), por ano, o estado fatura R$ 400 milhões com esse mercado.

O Amazonas conta com 25 municípios-polos da prática. Novo Aripuanã está na lista.

A cidade, que surgiu a partir do desmembramento dos municípios de Borba e Manicoré, possui características típicas do interior amazonense. Tem seu próprio encontro das águas, além de praça de alimentação, área para contemplar o pôr do sol, banho de rio, Igreja Nossa Senhora da Conceição e orla da cidade, como principais atrativos turísticos.

No Amazonas, a atividade de pesca esportiva tem as regras definidas no Decreto de Lei Estadual nº 39.125/2018, que permite aos pescadores fisgar o peixe, medir, pesar, fazer fotos, retirar o anzol e devolver ao habitat.

Foto: Corpo de Bombeiros

*g1 AM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Usuários de aplicativos de mensagens são adicionados a grupos e recebem propagandas de jogos de azar

Usuários de aplicativos de mensagens reclamam que são adicionados...

São Paulo terá fim de semana frio e nublado; veja previsão

O fim de semana na cidade de São Paulo...

Clube rival do Mirassol coloca música de Iza para provocar Yuri Lima em partida

Durante o intervalo da partida entre Ponte Preta e...

PF vai fazer varredura em aparelhos de Ramagem em busca de mais gravações de Bolsonaro

As equipes da PF (Polícia Federal) vão fazer uma...
%d blogueiros gostam disto: