Operação Maré apreende 100 quilos de pasta base de cocaína

Publicado em

Balanço parcial da Operação Maré, realizada desde as primeiras horas desta segunda-feira (9) nas comunidades da Maré, Cidade de Deus e Vila Cruzeiro, mostra que em um galpão, próximo à Vila Cruzeiro, 100 quilos de pasta base de cocaína foram recolhidos, causando um prejuízo estimado de R$ 12 milhões aos traficantes.

No Complexo da Maré, na comunidade do Parque União, foram encontrados laboratório clandestino de refino de drogas e fabricação de materiais explosivos e um local de armazenamento ilegal de medicamentos, drogas e material para preparo de drogas. Foi recolhida meia tonelada de maconha no local.

Cerca de mil agentes das polícias Civil e Militar realizaram as diligências e cumpriram mandados de prisão e busca e apreensão.

“Tivemos confronto intenso na Vila Cruzeiro, poder bélico muito grande dos traficantes daquela região e nossas aeronaves foram atingidas. Na Maré e na Cidade de Deus tivemos confronto mas de intensidade menor. Até o momento sem feridos”, disse o secretário estadual de Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Pires.

Segundo o secretário estadual de Polícia Civil, delegado José Renato Torres, a operação inicial anunciada na Maré teve desdobramentos sobre a Vila Cruzeiro e Cidade de Deus porque a atividade de inteligência detectou que houve grande migração dos chefes do tráfico da Maré para essas outras duas comunidades.

Todo material apreendido foi levado para a Cidade da Polícia e passará por perícia. Até o momento, foram realizadas nove prisões, sendo três em flagrante por receptação e as outras seis por mandados de prisões expedidos. Também já foram apreendidos 17 veículos, 1 fuzil, além de carregadores, artefatos explosivos, radiocomunicadores e mais de 29 toneladas de barricadas foram retiradas das ruas.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), que também atua na força-tarefa do estado no combate à criminalidade, apreendeu 58 aparelhos celulares (34 em Bangu 3 e 24 em Bangu 4), além de um quilo de entorpecentes. A operação da Seap conta com 250 inspetores e tem o objetivo de desarticular a rede de comando das facções que atuam na região, por meio de bloqueios dos aparelhos telefônicos nos presídios.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, 41 escolas no Complexo da Maré e mais 16 na Vila Cruzeiros foram impactadas, afetando mais de 18 mil alunos. Na Cidade de Deus, duas escolas tiveram o horário de entrada adiado.

*Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Soroterapia vira hit nas redes com promessas milagrosas, mas médicos alertam para falta de evidências e riscos graves à saúde

Você já ouviu falar em soroterapia? A suplementação, administrada...

GP do Bahrein: Verstappen leva primeira pole da F1 2024; veja grid

Treino é treino, classificação é classificação, corrida é corrida....

Homem é preso em flagrante pela PF por abuso sexual infantil, no Pará

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia (PF) por...

Polícia Civil apreende acessórios falsificados para celular em Manaus

MANAUS – A Polícia Civil do Amazonas apreendeu diversos...