Prefeitos do interior investem em festas milionárias, enquanto o Amazonas sofre com a estiagem severa

Publicado em

Em meio às situações críticas de emergência que os municípios e a população do Amazonas vêm sofrendo nos últimos dias, por conta da seca e das queimadas. Alguns prefeitos do interior estão tapando os olhos e fingindo que nada está acontecendo, isso porque alguns prefeitos estão querendo gastar o dinheiro público com festas e contratações milionárias com artistas nacionais, valor que poderia ser destinado a ajudar os ribeirinhos e todos aqueles que estão sendo afetados pela seca severa no estado.

Importante destacar que dos 62 municípios, 60 já decretaram situação de emergência, e estão recebendo apoios estaduais e federais, inclusive com verbas destinadas à operação estiagem. O que será que esses prefeitos vem realizando com esses valores recebidos? Será que estão chegando aos destinos certos?

A falta de foco nas necessidades essenciais da população tem provocado indignação entre os habitantes, que enfrentam a escassez de recursos hídricos e outros desafios decorrentes da estiagem.

Um exemplo disso, é o prefeito de Manacapuru, Betaniel D’Angelo, mais conhecido como Beto D’ ngelo, que contratou o espetáculo do cantor Zé Vaqueiro pelo montante de R$ 490 mil para a I Feira Agropecuária de Manacapuru. Apesar de o município também se encontrar em estado de “Alerta” segundo a Defesa Civil do Amazonas, o evento está agendado para os próximos dias.

Ainda que sob a classificação de “situação de Emergência”, o município de Tabatinga não ficou de fora das contratações de artistas. O prefeito Saul Nunes Bemerguy também optou por investir R$ 500 mil na contratação do cantor Zé Vaqueiro para se apresentar no município.

Frente à grave situação enfrentada pelo estado do Amazonas, a decisão dos prefeitos de investir em festas e espetáculos tem sido severamente criticada pela população, e com razão, pois as notícias não são boas, e os rios continuam a descer.

Muitos municípios estão sendo afetados economicamente, diante desse panorama, é crucial que os prefeitos priorizem medidas emergenciais para atenuar os impactos da estiagem, e não fiquem querendo realizar festas e eventos, enquanto milhares de pessoas passam necessidades, têm as rendas quebradas, e animais morrem constantemente pela falta do sustento básico, que é a água.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Soroterapia vira hit nas redes com promessas milagrosas, mas médicos alertam para falta de evidências e riscos graves à saúde

Você já ouviu falar em soroterapia? A suplementação, administrada...

GP do Bahrein: Verstappen leva primeira pole da F1 2024; veja grid

Treino é treino, classificação é classificação, corrida é corrida....

Homem é preso em flagrante pela PF por abuso sexual infantil, no Pará

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia (PF) por...

Polícia Civil apreende acessórios falsificados para celular em Manaus

MANAUS – A Polícia Civil do Amazonas apreendeu diversos...