Base Arpão intercepta malas com drogas durante fiscalização no porto de Tefé

Publicado em

Nesta sexta-feira (16/07), as equipes da Base fluvial Arpão seguiram nas lanchas blindadas de Coari (a 363 quilômetros de Manaus) para patrulhamento e abordagens fluviais em Tefé (a 523 quilômetros da capital). Durante varredura em barcos no porto do município, os policiais militares localizaram malas com mais de 18 quilos de maconha do tipo skunk. Uma mulher foi presa em flagrante e vai responder por tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Foi a primeira vez que a Base Arpão, criada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) para combater o narcotráfico no rio Solimões, realizou operações em Tefé. A unidade atua em Coari.

De acordo com o relatório da ocorrência, os policiais encontraram as drogas por volta das 16h, durante fiscalizações no barco Puma, que vinha da cidade de Japurá. O material ilícito estava nas malas de uma mulher de 23 anos. A jovem admitiu que iria fazer a entrega do entorpecente em Tefé.

Em depoimento, a infratora admitiu que iria receber a quantia de R$ 3 mil para transportar a droga e entregá-la em Tefé. Ela não informou o destinatário e nem quem seria o proprietário das drogas.

A apreensão representa um prejuízo de R$ 185 mil ao crime organizado. A mulher e os tabletes de entorpecente foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Tefé, onde o caso foi registrado.

*Com informações da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Mais de 50 mortos por inundações no oeste do Afeganistão

Inundações repentinas no oeste do Afeganistão mataram pelo menos 50 pessoas nas...

Operações policiais matam 17 pessoas por dia no Brasil, mostra Mapa da Segurança Pública

Operações policiais realizadas no Brasil ao longo do ano passado...

Lista de prioridades para receber a restituição do IR 2024 muda após cheias no RS

O primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2024 começa...

Estudo do governo de 2015 previa aumento de 15% nas chuvas e inundações no Sul

Um estudo encomendado pelo governo da ex-presidente Dilma Rousseff...
%d blogueiros gostam disto: