Girão muda de partido e Novo faz primeiro senador de sua história

Publicado em

O senador Eduardo Girão (CE) anunciou nesta quarta-feira (8/2) sua filiação ao partido Novo. Ele deixou o Podemos, partido integrava desde 2019. Com a ida do cearense à legenda, o Novo conquista sua primeira cadeira na Câmara Alta.

O partido Novo foi fundado em 2011 e nunca elegeu um senador.

Pelo Twitter, o senador agradeceu à legenda e seus correligionários pelos anos em que esteve no partido.

“Política é missão de vida para mim e é com o partido Novo que eu farei uma oposição firme e responsável ao governo Lula”, disse por meio de suas redes sociais. “Vamos juntos avançar em causas por Justiça, ética e liberdade no Brasil”, completou.

Veja o post:

UM DESAFIO NOVO! Gratidão ao @podemos19 e seus integrantes a quem nutro carinho e respeito desde 2019.Política é missão de vida p mim e c/@partidonovo30 farei oposição firme e responsável ao Gov.Lula.Vamos juntos avançar em causas p Justiça,Ética e Liberdade no Brasil. Paz & Bem pic.twitter.com/lSbF5gWR2v

— Eduardo Girão (@EduGiraoOficial) February 8, 2023

Novo celebra

O Novo celebrou a chegada de Girão à legenda “orgulho” como primeiro senador a integrar a sigla. “o primeiro Senador da história do partido”, completou.

“Estou muito feliz com a chegada de Eduardo Girão como o primeiro senador da história do Novo. Uma pessoa íntegra, honrada e de valores, e que nos representará muito bem como oposição ao governo Lula no Senado”, escreveu o presidente do Novo, Eduardo Rodrigo.

CPI da Covid

Eleito senador em 2018, Girão ficou conhecido em 2021 pelo grande público na comissão parlamentar de inquérito (CPI) da Covid que investigou a condução do governo federal em relação à pandemia. Na ocasião, insistiu que a CPI também investigasse os governadores e o consórcio do Nordeste e seu presidente, Carlos Gabas.

À época, Girão disse que seu pedido era um gesto de respeito “ao dinheiro que é retirado das mesas das famílias brasileiras”, referindo-se à compra de 300 respiradores destinados aos pacientes e que não foram entregues pela empresa responsável.

Girão também é um crítico às decisões tomadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e já defendeu a instalação da CPI da Lava Toga para investigar supostos crimes que teriam sido cometidos pelo Judiciário.

*Metrópoles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

São Paulo terá fim de semana frio e nublado; veja previsão

O fim de semana na cidade de São Paulo...

Clube rival do Mirassol coloca música de Iza para provocar Yuri Lima em partida

Durante o intervalo da partida entre Ponte Preta e...

PF vai fazer varredura em aparelhos de Ramagem em busca de mais gravações de Bolsonaro

As equipes da PF (Polícia Federal) vão fazer uma...

Passagem de meteoro clareia céu e “noite vira dia” no Nordeste; veja vídeo

O céu nordestino foi iluminado por um meteoro, no...
%d blogueiros gostam disto: