Haddad anuncia que Shein pretende produzir 85% das peças no Brasil em até quatro anos

Publicado em

O ministro da Fazenda Fernando Haddad anunciou nesta quinta-feira (20) que a plataforma de varejo Shein pretende nacionalizar 85% das vendas em até quatro anos. “Os produtos serão feitos no Brasil. Eles próprios vão dar os números de investimento mais tarde”, disse.

Além disso, a plataforma se comprometeu a aderir ao plano de conformidade da Receita Federal e “normalizar as relações com o ministério da Fazenda”, disse o ministro. “Se a regra valer pra todo mundo, eles absorverão os custos dessa conformidade, não repassarão.”

Segundo Haddad, essa movimentação vai trazer investimentos para o país e equilibrar as condições de produção e comércio para varejistas nacionais e internacionais. “Nós queremos investimentos estrangeiros, nós apreciamos o comércio eletrônico, queremos condições competitivas para que nós não prejudiquemos empregos no Brasil e as lojas do varejo brasileiro.”

Na terça, o ministro disse que iria apresentar ainda em maio uma alternativa para a “distorção” em compras internacionais até US$ 50 entre pessoas físicas, depois de anunciar que o governo não iria mais acabar com a regra que isenta essas transações internacionais.

O recuo do governo ocorreu após a repercussão negativa da ideia de terminar com a isenção. Haddad argumenta que, o que o governo pretende é fiscalizar com mais rigor remessas de empresas de outros países, como da China, por exemplo, que se passam por pessoas físicas para ficar isentas.

Compartilhe

Assine Grátis!

spot_imgspot_img

Popular

Relacionandos
Artigos

Lesa Pátria: PF prende três e faz buscas em sete estados e no DF para identificar financiadores dos atos golpistas

A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (29) 34 mandados,...

AGU também quer anular lei do AM que proíbe crianças na Parada LGBT+

MANAUS – A AGU (Advocacia-Geral da União) pediu ao...

PF deflagra operação em Manaus contra fraude no INSS com uso de laudos médicos falsos

MANAUS – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta...